Cai número de denúncias de violência contra idosos

O número de denúncias de casos de violência contra idosos caiu quase 55% em comparação com o mesmo período de 2019. O levantamento apresentado pela coordenadora do Centro Especializado de Assistência Social (Creas), Bárbara Hickmann, aponta que Venâncio Aires registrou oito casos de violência física ou psicológica e dez de negligência ou abonado de janeiro até maio do ano passado. Os índices, respectivamente, caíram para três e cinco casos em 2020.

Bárbara Hickmann atribui o fato ao isolamento social. “No momento em que vamos ver a vida voltar ao normal, certamente esses números vão voltar a crescer. A gente sabe que a maioria das situações de violência vão acontecer dentro de casa por pessoas que a gente confia. Esse tema é muito importante até se a gente for pensar nesses tempos de pandemia, quando as pessoas estão mais em casa. Existe uma série de preocupações. Essa demanda está reprimida em tempos de pandemia”, disse.

As denúncias podem ser realizadas para Disque Direitos Humanos pelo número 100. “Vai gerar um protocolo para o Ministério e para nós. Vem a denúncia e vamos fazer uma visita ou chamar a família. Buscamos informações com outros serviços da rede para ver se não conhecem a família. Isso também acontece quando as situações vêm até nós aqui no Creas. Trabalhamos com ética profissional. Não vamos dizer que foi fulano que contou. Os profissionais têm didáticas para abordar sem dizer que foi uma denúncia”, explicou.

- Advertisement -
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado