Compra da safra de tabaco inicia em 2020 em algumas empresas

No dia 16 de outubro, a Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) elaborou uma correspondência destinada às empresas fumageiras, com o apoio das Federações dos Sindicatos Rurais (Farsul, Faesc e Faep) e Federações dos Trabalhadores Rurais (Fetag, Fetaesc e Fetaep). Na carta, a solicitação para que iniciem a compra da safra de tabaco 2020/2021 ainda este ano.

CONFIRA AS RESPOSTAS ABAIXO:

-A Universal Leaf, primeira empresa a dar retorno à correspondência, confirmou que irá iniciar as compras em dezembro.

-A JTI Processadora de Tabaco informou que, excepcionalmente para a safra 2020/2021, irá iniciar a compra do tabaco da variedade Virgínia no dia 1º de dezembro, nos três Estados do Sul do Brasil.

-A CTA manterá compras na matriz, em Venâncio Aires/RS, de 09 até 16 de dezembro; na filial Araranguá/SC, de 07 até 16 de dezembro; na filial de Ituporanga/SC, nos dias 09, 10 e 14 de dezembro; e na filial Papanduva/SC, nos dias 10 e 14 de dezembro.

-A ATC informou que se programa para comprar em dezembro.

-A Philip Morris informou que iniciará a compra no dia 6 dezembro.

-Tabacos Marasca inicia a compra já no dia 16 de novembro.

-As empresas Alliance One, BAT Brasil (Souza Cruz) e China Brasil, informaram que irão iniciar a compra no início de janeiro, mas que acompanham as questões financeiras de seus produtores integrados e, se necessário, auxiliarão nas suas necessidades.

Segundo o presidente da Afubra, Benício Albano Werner, é de suma importância que os produtores de tabaco que querem ou precisam comercializar sua produção já em 2020, possam ter esta oportunidade. “Os fumicultores vêm de uma safra com pouca e, em algumas regiões, sem rentabilidade; muitos sequer conseguiram comercializar toda a safra”, destaca Werner.

O dirigente ainda enfatiza o compromisso que os fumicultores demonstram com o setor tabaco. “Mesmo em meio a percalços, os produtores têm sido fiéis e mantido a produção. Ocorre, no entanto, que muitos atravessadores já estão percorrendo o interior em busca do produto. Antes que os fumicultores vendam parte da sua produção a preços menores, solicitamos às empresas que antecipem as compras para dezembro, de forma a valorizar o trabalho de seu produtor integrado”, está escrito na correspondência, que finaliza solicitando a empatia das empresas fumageiras, neste tempo de crise.

“Ficamos muito satisfeitos com as empresas que atenderam nosso pedido de iniciar a compra ainda em 2020 e orientamos os produtores que entrem em contato com seus orientadores para organizar as suas vendas e também o auxílio necessário nas questões financeiras”, finaliza Werner.

Texto: Jorn. Luciana Jost Radtke 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Airton Artus anuncia que coloca nome à disposição para concorrer a deputado estadual em 2022

Falando à Rádio Venâncio Aires AM 910, o ex-prefeito disse que reforça atenções para o cargo que ocupa na Assembleia Legislativa, como coordenador de bancada do PDT, e anunciou que já começa a se preparar politicamente para disputar mais uma vez o cargo de deputado

Morre Diego Maradona

Aos 60 anos, o ex-jogador sofreu um ataque cardiorrespiratório em casa, na cidade de Tigre, zona norte da região metropolitana da capital Buenos Aires

Pellets transformam a qualidade de vida do produtor de tabaco

Fonte de energia renovável pertencente à classe das Biomassas, os denominados pellets, são um combustível sólido (lenha), produzido a partir de resíduos da indústria de transformação de madeira. A utilização deles na secagem do tabaco é uma novidade que já proporciona qualidade de vida e segurança aos produtores de tabaco