COP10 inicia nesta segunda-feira no Panamá com dúvidas sobre o acesso de deputados brasileiros no evento

Encontros com representantes da Embaixada do Brasil no Panamá buscam garantir participação dos deputados federais e estaduais nos debates da COP10

Por Janine Niedermeyer / Olá Jornal

A 10ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco inicia nesta segunda, 05, na Cidade do Panamá, a partir das 10h no horário local (12h no horário de Brasília). O evento da Organização Mundial da Saúde (OMS) debate medidas para reduzir o consumo de cigarros no planeta. O Rio Grande do Sul pode ter impactos econômicos com medidas formalizados no evento global. Por isso, representantes da cadeia produtiva, deputados estaduais e federais se deslocaram para o país caribenho. Até o fim deste domingo, 04, os parlamentares não tinham posição do Governo Brasileiro para intermediar o acesso dos legisladores na conferência.

Nesta segunda-feira, 05, o grupo de parlamentares se reunirão com o embaixador do Brasil no Panamá, Carlos Henrique Moojen de Abreu e Silva, que vai liderar a delegação brasileira durante a COP10.

Além dos deputados, a imprensa também ainda tem dúvidas sobre o acesso ao evento. O tratado global possui entre outros pontos um artigo que proíbe a participação de entidades e representantes que possuam algum tipo de interferência com a indústria do tabaco.

Estão no Panamá os deputados estaduais, Marcus Vinícius de Almeida (PP), Edivilson Brum (MDB), Zé Nunes (PT) e Silvana Covatti (PP).

Também acompanham a comitiva os deputados federais, Heitor Schuch (PSB), Marcelo Moraes (PL), Covatti Filho (PP) e o catarinense Rafael Pezenti (MDB).

Pela primeira vez ao longo das 10 edições da Conferência das Partes para o Controle do Tabaco, um secretário de estado do Rio Grande do Sul acompanha os debates. Ronaldo Santini (Pode) que responde pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural está na Cidade do Panamá.

Reuniões paralelas

A embaixada do Brasil no Panamá já confirmou que irá realizar reuniões paralelas com a comitiva ligada a cadeia produtiva do tabaco. Os encontros serão realizados fora do Centro de Eventos onde ocorre a COP10.

Também devem participar das reuniões membros da delegação oficial do país na conferência, formada pela Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (Conicq), e representantes de ministérios. Uma agenda prévia destes encontros foi divulgada, e as reuniões devem ocorrer nos dias 06, 07, 08, 09 e 10 de fevereiro, sempre a partir das 18h30min.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado