Governo Federal veta auxílio emergencial a agricultores familiares

O presidente Jair Bolsonaro sancionou com vetos o projeto aprovado pelo Congresso Nacional que amplia os beneficiários do auxílio emergencial de R$ 600. Ele vetou uma emenda que estenderia a renda básica para outras categorias, entre elas, os agricultores familiares. Com isso, apesar do projeto ter sido aprovado na Câmara e no Senado, os produtores rurais não serão beneficiados com o valor, de acordo com o veto. A ação foi publicada na edição desta sexta-feira, 15, do Diário Oficial da União. A lei entra em vigor com essa sanção, mas, os vetos ainda serão analisados pelo Congresso.

O auxílio emergencial, dando direito a três parcelas de R$ 600, foi criado para ajudar trabalhadores informais diante da crise na economia, provocada pela pandemia do novo coronavírus.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Motocicletas da Brigada Militar reforçam o policiamento no Parque do Chimarrão

Desde a abertura do Parque do Chimarrão, visitantes têm realizado reclamações de casos de desrespeito às regras de trânsito e de exposição a riscos

Pesquisa mostra aumento da confiança de professores para ensino online

Estudo também revela dificuldades enfrentadas por educadores

Feira do Livro começa na quarta-feira e conta com programação para todos públicos

Comunidade é convidada a participar ainda no próximo sábado, 24, da comercialização de livros presencial que ocorrerá em frente a Prefeitura de Venâncio Aires

Maia descarta prorrogar estado de calamidade

Medida permitiria prorrogação do auxílio emergencial
error: Recurso desabilitado