Liberação do Saque Calamidade para moradores de Venâncio deve ocorrer nesta segunda ou terça-feira

Neste sábado, 11, uma equipe regional da Caixa Econômica Federal esteve em Venâncio, realizando levantamentos junto à Defesa Civil local. A expectativa é que a liberação para os encaminhamentos ocorra nas próximas horas

Entre esta segunda e terça-feira, dias 13 e 14 de maio, deve ocorrer a liberação do Saque Calamidade para moradores de Venâncio Aires que foram atingidos pelas enchentes. Os trabalhadores que moram nas regiões afetadas e que tiveram prejuízos poderão pedir a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. O valor do saque disponível é de até R$ 6.240,00. O encaminhamento será feito pelo aplicativo do FGTS pelo celular.

Em entrevista à RVA na manhã deste domingo, 12, o prefeito Jarbas da Rosa destacou que, neste sábado, 11, uma equipe regional da Caixa Econômica Federal esteve em Venâncio, realizando levantamentos junto à Defesa Civil local. A expectativa é que a liberação para os encaminhamentos ocorra nas próximas horas.

O Saque Calamidade é uma modalidade em que o trabalhador tem direito ao saldo da conta do FGTS quando for vítima de desastre natural. Venâncio Aires já está com situação de calamidade decretada e deve ter a liberação do saque para em breve.

Como fazer pelo celular:
1.Acesse o aplicativo do FGTS (Android ou iOS) e clique na opção “Meus Saques”; 2.Depois, escolha a opção “Outras Situações de Saques”;
3.Selecione o motivo do saque: “Calamidade Pública”;
4.Escolha o município de sua residência e clique em “Continuar”;
5.Aperte em uma das opções para receber seu FGTS (crédito em conta bancária ou sacar presencialmente);
6.Faça upload dos documentos requeridos;
7.Confira os documentos anexados e confirme.

A Caixa vai analisar a solicitação e, caso esteja tudo certo, o valor será creditado na conta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado