Nova portaria do Ministério da Saúde deve destinar quase R$ 500 mil ao Hospital São Sebastião Mártir

O Ministério da Saúde publicou nova portaria que deve garantir a liberação de R$ 2,2 bilhões de recursos para serviços da atenção primária e especializada em atendimento às demandas de estados e municípios. Desse total, R$ 2 bilhões estão destinados às santas casas e hospitais filantrópicos, sem fins lucrativos, conveniados com o Sistema Único de Saúde (SUS). Para a região, serão destinados R$ 2,3 milhões. O Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) deve receber R$ 453.260,04

O auxílio às santas casas e filantrópicos será repassado em duas parcelas por meio do Fundo Nacional de Saúde aos fundos estaduais e municipais e deverá ser utilizado em ações para combater a pandemia da COVID-19. O dinheiro deverá ser usado na compra de medicamentos, suprimentos, insumos e produtos hospitalares para o atendimento adequado aos pacientes. Também fica aberta a possibilidade de aquisição de equipamentos e a realização de pequenas reformas e adaptações físicas para aumento da oferta de leitos de terapia intensiva.

Clique aqui e confira a portaria

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Taxa de desemprego sobe para 12,6% em abril, diz IBGE

A taxa de desemprego no país subiu para 12,6% no trimestre encerrado em abril deste ano, segundo dados da Pesquisa Nacional por...

Acidente envolvendo carro e moto deixa homem ferido no Centro

Um acidente de trânsito envolvendo carro e motocicleta deixou um homem ferido na tarde desta quinta-feira, 28, no Centro de Venâncio Aires....

Homem é preso duas vezes em menos de seis horas

Em menos de seis horas, um homem foi preso duas vezes entre a noite de quarta-feira e a madrugada desta quinta-feira. De...

Federação Gaúcha de Futsal quer realizar a Série Ouro entre os meses de agosto e dezembro

A Federação Gaúcha de Futsal pretende realizar a Série Ouro 2020 entre os dias 15 de agosto e 12 de dezembro....
error: Recurso desabilitado