Pioneirismo e conquista de novos mercados marcam os 80 anos da Madrugada Alimentos

Uma das empresas mais tradicionais de Venâncio Aires completa oito décadas de atuação. A caminhada da Madrugada Alimentos é marcada pelo pioneirismo e pela conquista de novos mercados. O negócio, que teve início com a união de pequenos vendedores de erva-mate e atendia pelo nome de Industrial do Mate, se desenvolveu, apresentou novos produtos e lidera pesquisas de preferência realizadas entre os gaúchos.

Na programação da Rádio Venâncio Aires, o diretor Lúcio Metzdorf apresentou informações coletadas nas atas que estão guardadas na empresa até hoje. O primeiro documento, assinado em 06 de abril de 1942, coloca que doze empresários já comercializavam a erva-mate em pequenas empresas e decidiram fundar uma associação. Alguns dias mais tarde, em 21 de abril, formaram a Industrial do Mate, que, há cerca de vinte anos, mudou a razão social para a Madrugada Alimentos. Entre os sócios fundadores, estava o avô do atual gestor.

Arthur Schmidt foi o primeiro gerente e ficou responsável pela administração até o falecimento em 1956. Com o óbito, foi feita uma nova ata e, depois de debates, surgiu o nome de Athos Metzdorf, pai de Lúcio Metzdorf. Contudo, com apenas 21 anos, parte dos sócios considerou ele jovem demais para função, sendo marcada uma nova assembleia. Em 1º de maio de 1956, depois de votação, Athos Metzdorf foi escolhido como gerente e permanece atuando no empreendimento.

Lúcio Metzdorf destacou que a Madrugada Alimentos acumula desafios e conquistas. Em 1993, produção de chás teve início com a aquisição de uma máquina em leilão realizado em Porto Alegre. Quando o aparelho chegou, foram percebidos diversos defeitos e ele foi encaminhado para uma reforma. A estimativa é que o serviço custou de cinco a seis vezes do que havia sido pago no leilão. O equipamento produzia cerca de trinta saquinhos de chá por minuto. Hoje, são oito máquinas que conseguem produzir até mil sachês.

Além da erva-mate e do chá, uma linha de sobremesas e de salgadinhos vem ganhando espaço. Pudins, gelatinas e outros doces levam o nome da Madrugada Alimentos para as prateleiras dos supermercados. Foram agregados novos produtos na tentativa de minimizar custos de distribuição e garantir uma rentabilidade maior para os vendedores. “O meu caminhão que vai fazer a entrega vai no mesmo local. Então, ao invés de eu vender somente a erva-mate, vende também chá, sobremesa, batata-doce e a mandioquinha”, explicou.

- Advertisement -
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado