Produtor de Linha Travessa encontra nas sementes crioulas motivação para resgatar culturas rurais

Um produtor de Linha Travessa encontrou nas sementes crioulas a motivação para resgatar culturas rurais. Em uma propriedade com cerca de dois hectares, Clécio Sehnem e a esposa Neili Ilha Wickert Sehnem iniciaram o trabalha há cerca de dez anos.

As sementes crioulas são aquelas mantidas e selecionadas por várias décadas por agricultores tradicionais. Clécio Sehnem produz e vende sementes milho branco, milho amarelo, pipoca, melancia amarela, moranga, abóbora, pepino e escovão para agropecuárias locais.

O trabalho na propriedade começou depois que os familiares da esposa faleceram. “Eu trabalhava de mecânico, me aposentei. Meu sogro tinha um pedaço de terra e eu me interessei. Ouvi falar das sementes crioulas pela Emater, fui plantando e fui gostando”, disse.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado