Projeto leva consultas de psicoterapia on-line gratuitas para moradores dos vales

Durante este período de pandemia, há mais de um ano, o convívio social está limitado. Com o distanciamento entre as pessoas e a falta de atividades, a solidão causada pelas restrições levanta também uma preocupação sobre a saúde mental das pessoas. Desde março do ano passado, um grupo de estudos, formado por universidades da região e órgãos estaduais, vem trabalhando para oferecer ajuda aos moradores dos Vales do Rio Pardo e Taquari. Denominado Vale a Vida, o projeto de pesquisa começa a ser colocado em prática, com consultas de psicoterapia on-line e gratuitas.

Em entrevista ao quadro Revista Mulher, da Rádio Venâncio Aires, uma das integrantes do grupo, a psiquiatra e psicoterapeuta Luíza Lucas, destacou que a as consultas iniciaram neste mês de março, com o objetivo de minimizar os efeitos do distanciamento social na vida da comunidade, tratando sintomas como sofrimento, estresse, ansiedade, irritabilidade e alteração de sono. Nas primeiras duas semanas, mais de 100 pacientes buscaram ajuda.

São oferecidas avaliação psiquiátrica e quatro sessões de psicoterapia, realizadas de forma on-line e totalmente gratuita. Entre os atendimentos, os participantes recebem questionários, que também auxiliam a medir a evolução do participante. Interessados em receber as sessões remotas devem se cadastrar através do site valeavida.com.br. Contato para retirada de dúvidas também podem ser feito pelo número de WhatsApp (51) 99666-9151.

O projeto Vale a Vida O Vale a Vida é organizado por um grupo de pesquisadores da Univates, Unisc e Uergs, com fomento da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia do Estado do Rio Grande do Sul, que investiu R$ 250 mil na ação. A plataforma Tummi e a empresa de tecnologia Tekann são parceiros do projeto.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado