Promotor demonstra preocupação com medida que possibilita soltura de presos durante a pandemia

Em entrevista na manhã desta sexta-feira, 17, o promotor Pedro Rui da Fontoura Porto demonstrou preocupação com soltura de presos. O assunto está sendo discutido em todo país e, por conta da pandemia de coronavírus, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) recomenda a liberação de detentos que fazem parte do grupo de risco para evitar a propagação do novo coronavírus no sistema de justiça penal.

Pedro Rui da Fontoura Porto destacou que colabora para análise dos casos. “Essa semana ainda, teve um caso de alguém que pediu a liberdade, que era um caso bem grave de Venâncio. O doutor João [João Francisco Goulart Borges] teve a dignidade de escolher o meu parecer e eu fui absolutamente contrário a liberdade porque eu acho que isso é uma tremenda bobagem. […] eles tem que ficar isolados lá, com menos visitas, se possível, e cuidados”, disse.

De acordo com Pedro Rui da Fontoura Porto, a soltura dos detentos deixa as pessoas com medo. “Sou totalmente contra essa postura de liberar porque vai aumentar mais o pânico da sociedade. Todo mundo muito nervoso, muito preocupado e contar a vencer. Se começar a soltar criminosos, obviamente, a sociedade vai ficar em temor maior ainda”

- Advertisement -
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado