Um mês após liberação, proprietários de casas de festas infantis relatam aquecimento no setor

O decreto que permite o funcionamento das casas de festas infantis completou nesta quinta-feira, 15, um mês. Em Venâncio Aires, os proprietários ainda sentem os efeitos da pandemia de coronavírus. Entretanto, têm percebido um aquecimento no setor nas últimas semanas.

Conforme a empresária Marinês da Rosa, foram adotados diversos protocolos para garantir a segurança dos frequentadores. “Não vou dizer que está ruim, mas o pessoal está mais cauteloso. Aos poucos, está voltando a normalizar. Ainda temos muitas restrições”, disse.

Marinês da Rosa destaca que foram contratados novos funcionários para respeitar as medidas impostas pelo decreto. “A cada dez crianças eu colocava um monitor. Para nós, agora precisa um a cada cinco. Tem que mais pessoas para servir. Precisa alguém higienizando nos brinquedos também”, disse.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Idosa cai no conto do bilhete e perde mais de R$ 7 mil

Caso aconteceu na última semana, mas a mulher somente percebeu se tratar de um golpe depois que a dupla combinou de se encontrar com ela nesta manhã e não compareceu

Mulher é presa pela Polícia Civil no Bairro Santa Tecla

Agentes localizaram a suspeita, de 42 anos, na casa da mãe

Jovem fica ferido após queda no Bairro Gressler

Vítima, de 21 anos, foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o Hospital São Sebastião Mártir para exames mais detalhados

Caminhão e tratores de empresa de Venâncio Aires são furtados enquanto motorista dormia em Bento Gonçalves

O Volkswagen 9-150 E Cummins, placa IQG-8405, e os outros veículos seguem desaparecidos
error: Recurso desabilitado