UPA e Hospital São Sebastião definem nome da coordenadora para casos de urgência e emergência

A Secretaria de Saúde definiu o nome da médica que será responsável pela coordenação dos casos de urgência e emergência na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e no Hospital São Sebastião Mártir. A destinação de um servidor para definir o encaminhamento em situações específicas é uma das medidas adotadas buscando agilizar o acolhimento dos pacientes e diminuir o tempo de espera.

O médico coordenador único foi um pedido dos gestores da casa de saúde do município e busca otimizar os serviços nos pontos que são considerados a porta de entrada para recebimento de cuidados médicos. Flávia Morales de Almeida será responsável por definir os protocolos. “É uma necessidade de constatada a partir de filas grandes criadas no SUS e alguns impasses nessa relação entre hospital e UPA”, disse Jarbas da Rosa.

Os cerca de 40 médicos que atuam nos serviços de Atenção Básica também passam a contar com uma referência. Jacqueline Froemming assume a função para otimizar os trabalhos e gerenciar atendimentos e exames. “Nós temos coordenação da Enfermagem, Psicologia e Odontologia, mas não tínhamos para médico. Com protocolos, nós conseguimos otimizar o trabalho”, detalhou o prefeito.

- Advertisement -
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado