FGFS descarta Série Ouro em agosto

Em reunião virtual realizada na quinta-feira, dia 30, os clubes resolveram por unanimidade cancelar o começo da Série Ouro de Futsal. A competição estava prevista para iniciar com o jogo entre Assoeva e BGF, no dia 22 de agosto, em Venâncio Aires. Os motivos do cancelamento seriam o alto custo do protocolo que projeta testes de Covid-19 e o impedimento de treinos coletivos.

A Federação Gaúcha de Futsal chegou a montar e apresentar ao Governo do Estado um protocolo que pudesse ser realizado pelas equipes, no qual solicitava ajuda com os exames. A resposta foi negativa e, no momento, os clubes não possuem capacidade financeira para a sua execução. Outro motivo é que as medidas de distanciamento social atualmente adotadas pela maioria dos prefeitos, nas cidades envolvidas na competição, não possibilitam as atividades coletivas, proibindo os trabalhos coletivos.

Próxima reunião

Os clubes agendaram para 24 de agosto uma nova reunião. Neste encontro, será reavaliada a situação do distanciamento social e os clubes devem decidir se a Série Ouro será realizada em 2020. A tendência neste momento é de que o estadual de futsal ocorra entre os meses de novembro e dezembro, sendo sediada e com poucas datas. A FGFS prefere não deixar nenhuma data programada para o começo do campeonato.

Sobradinho

A Associação Sobradinho esteve presente na reunião e acompanhou favoravelmente a votação. O que barra é justamente o protocolo de distanciamento social e o alto custo de por em prática a proteção dos atletas.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Colisão de motos deixa uma vítima fatal em Santa Emília

Um acidente de trânsito deixou um homem morto e outro ferido na tarde desta quarta-feira, 05, na região de Linha Santa Emília....

Por influência da família, Vinicius Medeiros retira nome da corrida ao Executivo

Vinicius Medeiros permanece como presidente do PSDB e deve comendar a sigla nas eleições municipais deste ano

Estado homologa decreto por conta da enchente em Mariante

Integrantes da Administração Municipal discutem próximas etapas

Menos da metade dos bebês foram amamentados apenas com leite materno

Apesar do baixo índice, o Brasil registrou aumento no número de crianças de até seis meses que receberam amamentação exclusiva já que, em 2006, esse percentual era de 37%
error: Recurso desabilitado