Salários dos servidores estaduais serão pagos na sexta-feira, dia 31

A folha incluirá todas as informações registradas no sistema Recursos Humanos do Estado até 6 de maio, data em que os sistemas passaram a ficar inoperantes

A folha dos servidores estaduais será paga na sexta-feira, 31, após equipes da Procergs (Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Rio Grande do Sul) e do Tesouro do Estado tomarem medidas para garantir o pagamento em meio ao desligamento preventivo de equipamentos, necessário em razão dos alagamentos registrados em Porto Alegre.

A folha incluirá todas as informações registradas no sistema Recursos Humanos do Estado (RHE) até 6 de maio, data em que os sistemas passaram a ficar inoperantes. Dessa forma, será paga a remuneração mensal dos servidores, incluindo as vantagens e gratificações já concedidas. As horas extras da pasta de Segurança Pública também estão previstas para a folha de maio, assim como os acertos do auxílio-refeição pago em 20 de maio.

Não estará incluído na folha de pagamento o que não pode ser lançado depois que o sistema ficou indisponível. Isso inclui nomeações, gratificações de substituição, concessão e interrupção de férias. Após o retorno pleno dos sistemas, os departamentos de Recursos Humanos de cada órgão farão as manutenções necessárias. As pendências serão pagas até 14 de junho, em folha suplementar. O Estado também fará a antecipação do 13º salário até 15 de junho, conforme já anunciado pelo governador Eduardo Leite.

Consignações

As consignações facultativas (como empréstimos, seguros de vida, planos de saúde e mensalidades de sindicatos e associações) serão descontadas nos mesmos valores averbados na folha de abril. Apenas os empréstimos e cartões de crédito do Banrisul não serão debitados na folha de maio.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado