Agroindústrias de Venâncio registradas no SIM estão autorizadas para comercialização intermunicipal e interestadual

Interessados devem procurar o setor, junto a Secretaria de Desenvolvimento Rural, na rua Tiradentes, nº 959

Para auxiliar o setor nas perdas econômicas e assegurar a continuidade do fornecimento de alimentos, agroindústrias de produtos de origem animal de Venâncio Aires, registradas no Serviço de Inspeção Municipal (SIM), estão autorizadas para comercialização intermunicipal e interestadual pelo período de 90 dias.

Diante da calamidade pública provocada pelas enchentes no Rio Grande do Sul, a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi) publicou uma Instrução Normativa flexibilizando as regras para a comercialização de produtos de origem animal com selo de inspeção municipal. Assim como, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) autoriza a comercialização interestadual de produtos de origem animal de agroindústrias gaúchas que não integram o Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Sisbi-Poa). Tais medidas atendem a pedido de entidades do setor produtivo.

“A medida permite a comercialização de produtos de origem animal o que garante uma maior capacidade de escoamento da alimentação. Até o momento, um estabelecimento nos procurou para esclarecer dúvidas”, destaca o secretário Gustavo Von Helden.

Normalmente, o selo de inspeção SIM só autoriza a comercialização dentro do município de registro. Durante o período de vigência da Instrução Normativa, estes produtos poderão ser vendidos em todo o território brasileiro. O objetivo é alavancar as agroindústrias que ficaram com poucas chances de comercializar seus produtos e abastecer a população.

Interessados devem procurar o setor, junto a Secretaria de Desenvolvimento Rural, na rua Tiradentes, nº 959. A pasta tende de segunda a sexta-feira, das 8h ao meio-dia e das 13h30 às 16h30. O telefone para contato e esclarecimentos de dúvidas é o (51) 2183-0667.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado