Corsan Aegea trabalha para agilizar retorno no fornecimento de água em Vila Mariante

Com a enchente do rio Taquari, a rede hídrica responsável pelo fornecimento de água na área urbana do distrito e localidades adjacentes sofreu diversos problemas. Além da impossibilidade de captação, os reservatórios também foram atingidos. Um deles foi arrastado por cerca de 15 metros. A Corsan Aegea está acompanhando a situação, e com a baixa do nível, profissionais da empresa estão avaliando os estragos e iniciando os trabalhos na região.

O gestor de relações institucionais João Batista Corim da Rosa disse que ainda não é possível mensurar todos os prejuízos e nem estimar os investimentos necessários. Mas, afirmou que a empresa trabalha com celeridade para agilizar retorno no fornecimento de água. “Primeiro precisamos colocar água na tubulação para verificar onde tem redes e ramais rompidos”, explicou.

A empresa está acompanhando os estragos e mapeando os pontos danificados para realização de uma força-tarefa para restabelecer o abastecimento. “Não temos como mensurar valores para investimentos para retomar o abastecimento, bem como o prazo para conclusão do serviço, mas não mediremos esforços para que a gente possa restabelecer na maior brevidade possível”, afirma.

Além da área urbana, a Estação de Tratamento de Água (ETA) de Vila Mariante ainda atende localidades adjacentes. O reservatório instalado em Cerro dos Narcisos, que fornece água para Linha Taquari-Mirim, está sendo abastecido com a utilização de caminhão-pipa para garantir o fornecimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado