CREA-RS mobiliza profissionais voluntários para trabalho técnico em Vila Mariante neste final de semana

A expectativa é de que sejam produzidos 300 laudos técnicos em Venâncio Aires

Diante da calamidade pública que assola o Rio Grande do Sul, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Sul (CREA-RS), está mobilizando os profissionais para o trabalho voluntário de apoio técnico, com vistas à reconstrução do estado.

Em entrevista à RVA, o engenheiro e gestor institucional do Crea-RS, Fábio Chaves, falou sobre o projeto denominado Reconstruir RS, que conta com profissionais engenheiros cadastrados no sistema do conselho para se voluntariar. “A ação foi criada pela nossa presidente, engenheira ambiental Nanci Walter, através de um formulário, em que é possível engenheiros registrados em nosso conselho, se cadastrarem de forma voluntária para atender as demandas que vem das prefeituras”, explicou.

Conforme Chaves, já são mais de 2 mil profissionais voluntários cadastrados. Para a realização do trabalho técnico, além de um grupo da região metropolitana, também é mapeado em um raio de 30 km os profissionais cadastrados no sistema, visando encontrar os voluntários mais próximos.

O primeiro município que recebeu o trabalho técnico de análise de danos causados pela enchente foi Sinimbu, onde a equipe também recebeu um ofício de demanda para Venâncio Aires, através do Cisvale. Neste sábado, 25, um grupo de engenheiros voluntários da região metropolina virá até a Capital do Chimarrão para uma avaliação mais aprofundada dos danos causados pelas enchentes, especialmente na região de Vila Mariante. Profissionais voluntários de cidades vizinhas também irão participar da ação.

Ainda conforme Fábio Chaves, além de engenheiros civis e ambientais e da equipe diretiva do Crea-RS, o grupo de trabalho também é composto por geólogos, engenheiros agronômos, engenheiros agrícolas e engenheiros mecânicos. A equipe deve ficar do sábado, 25, até a segunda-feira, 27, para os trabalhos realizados no distrito de Mariante, ação importante para avaliação técnica dos danos causados pela enchente. “Eu acho que é de grande valia o quanto que as pessoas estão se doando pela reconstrução do Rio Grande do Sul. O nosso conselho está trabalhando da forma que pode, com conhecimento técnico através de profissionais registrados e legalmente habilitados no conselho”, destacou o gestor instituicional.

Em Venâncio Aires, a expectativa é de que sejam produzidos cerca de 300 laudos técnicos. Os resultados oficiais podem levar em torno de uma semana para serem divulgados. O próximo município a receber o trabalho técnico voluntário, será Putinga. Os municípios que necessitam os serviços profissionais, podem enviar um pedido oficial para o e-mail [email protected].

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

The reCAPTCHA verification period has expired. Please reload the page.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado