Lava Jato: CNMP arquiva ação de Lula contra Deltan Dallagnol

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) arquivou hoje (25) pedido de providências protocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra o procurador da República, Deltan Dallagnol, chefe da força-tarefa da Operação Lava Jato no Paraná, e outros membros do grupo.

Por maioria de votos, o colegiado entendeu que a pretensão punitiva para os procuradores prescreveu, mesmo reconhecendo indícios para a abertura de processo disciplinar. Dessa forma, o processo seria inviável diante da impossibilidade de eventual punição. O pedido de providências foi protocolado pelos advogados de Lula em 2016, mas só foi analisado nesta terça-feira.

No julgamento, os conselheiros também reiteraram que membros do Ministério Público não podem usar a estrutura do órgão para exercer atividades político-partidárias. A vedação está definida nas normas de conduta da carreira.

No processo, a defesa de Lula questionou a conduta de Deltan e da força-tarefa durante entrevista coletiva concedida à imprensa no dia 14 de setembro de 2016, quando foi apresentada a denúncia referente ao tríplex no Guarujá. Na ocasião, os procuradores usaram uma apresentação de Power Point para apresentar a denúncia, fato que teria desrespeitado as garantias individuais de Lula de ter um julgamento justo, segundo os advogados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Izaura Landim busca emendas impositivas para a Saúde

Com previsão de redução no orçamento da pasta para o próximo ano, Izaura solicitou aos atuais vereadores apoio na destinação de recursos das emendas impositivas para as áreas mais afetadas, como cirurgias eletivas, consultas, exames e assistência farmacêutica

PIM/Criança Feliz: Formação Continuada marca o dia do bebê

A formação será exclusiva para a equipe do PIM/Criança Feliz, e contará com uma palestra da enfermeira do Centro Materno Infantil, Daiana Ruaro

Abertura Oficial da Colheita do Tabaco no Rio Grande do Sul é cancelada

Segundo a Afubra, o cancelamento do evento deve-se à pandemia

Conmebol altera datas dos confrontos entre Inter e Boca Juniors

Jogos foram adiados após notícia de morte de Diego Maradona