Moacir Eisermann completa 30 anos de RVA

O comunicador do programa “que mais liga pra você”, Moacir Alberto Eisermann está completando 30 anos de Rádio Venâncio Aires. À frente do Cidade Viva desde agosto de 1997, o Moa, como é carinhosamente chamado, ingressou na emissora em 1º de maio de 1991.

Além de locutor, Moacir Eisermann também é responsável pela produção esportiva do Grupo RVA, fazendo parte dos departamentos de Jornalismo e Esporte. Mas, é no programa de todas as tardes que desenvolveu alguns dos seus maiores projetos. “O Cidade Viva se caracteriza como um dos mais antigos programas da Rádio Venâncio Aires. De forma ininterrupta, é fiel em sua linha, atingindo os públicos adulto e infantil, rural e urbano”, explica.

Moacir também é um líder comunitário, envolvido em diversas outras atividades, principalmente no Esporte Clube Guarani e na Fiel Tribo. Ainda na RVA, também já foi apelidado de “santo casamenteiro”, pelas centenas de casais que já formou em seu programa, no quadro Coração. “Nem sei se poderia aqui revelar este segredo, mas se trata de um momento que surgiu, em 1997, entre tantas cartas inventadas por mim… Uma mulher fictícia era abandonada e o ex-marido escolhia os braços de outra. Ela era deixada com um filho pequeno… Foi só a história ir ao ar e, minutos depois, dois homens já entraram em contato para saber mais sobre a moça. Como tal mulher só existia na minha imaginação e eu não podia deixar os dois ouvintes ‘na mão’, tive que anunciar: temos dois homens, um de 47 anos e outro de 60, procurando uma namorada, interessadas mandem cartas ou liguem para a Rádio. Com o anúncio, os telefones tocaram direto na emissora. Ao final da tarde, tínhamos 12 mulheres para conhecer dois homens”, revela Eisermann.

Moacir também comenta outros pontos do programa que fizeram sucesso e são lembrados até hoje: “tínhamos um ‘pato falante’ que grasnava nas tardes da Venâncio. E somente eu entendia aquele quá, quá, quá. Apresentador e pato dialogavam sobre esporte, política e amor, além de dar dicas hilárias que prendiam o ouvinte. Por onde eu passava na semana a pergunta era: mas como tu conversa com um pato?”.

E as invenções não paravam por aí. Moacir criava histórias de casais que se separavam, de ouvintes com dívidas no comércio, brigas entre vizinhos, fantasmas em casas abandonadas e outras, todas elaboradas com fundo musical, que incentivam o ouvinte a escrever suas histórias reais: “ao final, os contos se transformavam em verdadeiros. Capítulos de vidas se acumulavam em cartas e tempos depois (três, cinco, dez anos) retornavam ao programa. Ajudamos muitas pessoas, como a mãe que precisava de um remédio para o filho ou de um berço para o bebê, o idoso que necessitava da cadeira de rodas ou o colchão d’água para a criança com epilepsia. Essa parte sempre era cruel, confesso. Mas, o humor entrava logo após para tornar a situação mais fácil ao ouvinte”.

Ao completar 30 anos de serviços prestados através do rádio, Moa cita que a emoção sempre deve ser o alicerce de todo trabalho. “O que muito me orgulha é que o ouvinte, todos os dias, virava personagem na programação. Sempre incentivei a participação daquele que move nossa história e representa nosso motivo diário de estar no ar. Concluo dizendo que a emoção é o alicerce para tudo. No Jornalismo, na informação de utilidade pública, no Esporte e na ação com objetivo social, é necessário emocionar. E o humor faz com que tudo se torne mais leve e simples. Isso é fazer rádio. É garantir que a emoção prenda e surpreenda o ouvinte a qualquer momento”, ressalta.

Moacir Eisermann teve sua carteira assinada na Rádio Venâncio Aires no dia 2 de maio de 1991. Mas, no feriado do Dia do Trabalho, em 1º de maio, já atuou nos bastidores, aprendendo seu grande ofício de vida. Desde então, nunca mais saiu da emissora e construiu uma história de carinho, humor e emoção que toda a comunidade reconhece.

Além de locutor, Moacir Eisermann também é responsável pela produção esportiva do Grupo RVA, fazendo parte dos departamentos de Jornalismo e Esporte
Moa apresenta o Cidade Viva desde agosto de 1997

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado