Parque do Chimarrão trabalha na instalação de câmeras de videomonitoramento

O arrombamento de sedes de entidades no Parque do Chimarrão durante o fim de semana reascendeu a discussão sobre as medidas de segurança do local. Nos últimos dias, foram invadidos os espaços do CTG Erva-Mate e Piquete Parceria Campeira, Palco Super Lenz e Sede da Asmuva. Conforme o coordenador Jairo Bencke, os responsáveis trabalham na instalação de câmeras de videomonitoramento.

Jairo Bencke explica que o projeto contempla diversos setores da Administração Municipal. “Eu não gosto de falar sobre isso porque é uma coisa demorada. Temos que destacar que tem esse projeto, mas não é um trabalho de poucos dias. Orientamos as entidades a fazerem o registro. Precisamos fazer para ter a condição que a Brigada Militar saiba que os objetos são deles caso apareçam”, disse.

- Advertisement -
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado