TSE decide recalcular divisão do Fundo Eleitoral entre partidos

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu na noite de ontem (16) revisar o cálculo para a distribuição do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, cujo valor total neste ano é de R$ 2,034 bilhões.

O tribunal já havia divulgado a divisão de recursos de acordo com o tamanho das bancadas de cada partido no Congresso na data de 1º de junho de 2020. Agora, os ministros do TSE decidiram que, pela legislação eleitoral, o correto é levar em consideração o tamanho de cada bancada conforme o resultado da eleição de 2018.

O TSE também decidiu mudar o cálculo relativo às bancadas no Senado. Nesse caso, é preciso considerar o partido no qual os senadores em quarto ano de mandato se encontrava no dia da eleição geral.

De acordo com legislação aprovada em 2019, os recursos do Fundo Eleitoral deve ser dividido da seguinte forma: 48% de forma proporcional ao tamanho da bancada dos partidos na Câmara dos Deputados; 35% de modo proporcional ao número de votos recebidos por cada legenda nas eleições de 2018 (para as agremiações com ao menos um deputado); 15% de acordo com as bancadas no Senado; 2% igualmente entre todos os partidos registrados no TSE.

Dois dos 33 partidos hoje existentes, o Novo e o PRTB, decidiram abrir mão dos recursos. A nova distribuição do fundo entre as demais 31 agremiações deve ser divulgada em breve pela Justiça Eleitoral.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Caixa planeja abrir banco digital em seis meses

A nova instituição financeira será separada da Caixa e passará por processo de abertura de capital (venda de ações) no Brasil e no exterior

Izaura Landim busca emendas impositivas para a Saúde

Com previsão de redução no orçamento da pasta para o próximo ano, Izaura solicitou aos atuais vereadores apoio na destinação de recursos das emendas impositivas para as áreas mais afetadas, como cirurgias eletivas, consultas, exames e assistência farmacêutica

PIM/Criança Feliz: Formação Continuada marca o dia do bebê

A formação será exclusiva para a equipe do PIM/Criança Feliz, e contará com uma palestra da enfermeira do Centro Materno Infantil, Daiana Ruaro

Abertura Oficial da Colheita do Tabaco no Rio Grande do Sul é cancelada

Segundo a Afubra, o cancelamento do evento deve-se à pandemia