Autor de um dos crimes mais bárbaros de Venâncio está foragido

O venâncio-airense Thomé José Noll, 37 anos, está foragido do sistema prisional desde fevereiro deste ano. Segundo apurado pela reportagem da RVA, Noll deveria se apresentar no anexo do Presídio Estadual de Lajeado e não retornou mais ao local.

Em 2006, em júri popular, ele foi condenado a 28 anos e seis meses de prisão pela morte de uma menina de 10 anos. À época, Thomé abusou sexualmente da vítima, a matou e ateou fogo no corpo. A vítima foi encontrada em uma matagal em 31 de outubro de 2004, às margens da RSC-453, próximo ao trevo de Venâncio Aires.

Qualquer informação sobre o paredeiro dele poderá ser repassada à Polícia Civil pelo 197 ou Brigada Militar pelo telefone 190.

 

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado