Ganhadores de Nobel pedem que vacinas sejam para todos

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu e o ator George Clooney estão entre as mais de 100 personalidades que assinaram um apelo para que as eventuais vacinas contra o novo coronavírus sejam declaradas como bem comum global e amplamente disponibilizadas.

O apelo é liderado pelo fundador do movimento de microcrédito Muhammad Yunus, ganhador do Prêmio Nobel da Paz assim como Tutu. Segundo Yunus, algumas empresas farmacêuticas declararam que as vacinas serão proporcionadas primeiro a países ricos da Europa e aos Estados Unidos.

“O que acontece com o resto do mundo? É como se o resto do mundo fosse ser esquecido”, disse o criador do Centro Yunus, estabelecido há mais de uma década para combater a pobreza.

“Esta é uma vacina que é necessária para 8 bilhões de pessoas. O que acontece com os pobres? O que acontece com países pobres que não podem pagar os preços que eles estarão cobrando nos países ricos”?

Atualmente, não existe vacina contra a covid-19, mas mais de 100 estão sendo desenvolvidas em todo o mundo, à medida que as farmacêuticas estão correndo para combater uma pandemia que já matou mais de 500 mil pessoas.

Especialistas preveem que o desenvolvimento de uma vacina segura e eficiente pode exigir de 12 a 18 meses.

Callum Mackenzie, diretor da Yunus Tailândia, alertou que, assim que isso tiver acontecido, as dificuldades para obtê-la podem levar a uma proliferação de vacinas falsas em países mais pobres.

A farmacêutica britânica AstraZeneca já iniciou testes com humanos de uma vacina desenvolvida com a Universidade de Oxford. A vacina custaria cerca de US$ 2,8 por dose na Europa, de acordo com o Ministério da Saúde da Itália, e a empresa não espera lucrar com ela durante a pandemia

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Acidente envolvendo carro e moto deixa homem ferido no trevo de Venâncio Aires

Além do caso, um capotamento foi registrado na RSC-453

Brigada Militar apreende mais de quatrocentos maços de cigarro

Conforme a corporação, policiais militares realizavam patrulhamento ostensivo no bairro São Francisco Xavier e flagraram a comercialização de cigarros de procedência irregular

“Se fala em mil cabeças”, diz vice-prefeito sobre morte de animais na região de Vila Mariante

Conforme o vice-prefeito Celso Kramer, o levantamento oficial está sendo organizado e deve ser iniciado

Bairro Morsch recebe recolhimento de materiais em desuso na próxima segunda-feira

Conforme o roteiro apresentado, a coleta inicia na esquina das ruas Sete de Setembro e Tiradentes e segue em direção à RSC-453
error: Recurso desabilitado