Catadores orientam sobre descarte correto de máscaras e luvas

Os catadores estão orientando a população sobre o descarte correto de máscaras e luvas utilizadas para evitar o avanço do coronavírus. Caso os objetos sejam misturados ao lixo tradicional, podem colocar em risco a saúde dos trabalhadores e ajudar a disseminar a doença.

Conforme o sócio-fundador da Cooperativa Regional de Catadores dos Vales do Taquari e Rio Pardo (Cootralto), Arlindo Francisco dos Santos, o descarte deve ser realizado na coleta domiciliar regular e separado com avisos. “Seria o mesmo que se faz com o vidro quebrado. Por exemplo, usa máscara, coloca em uma caixa e deixa um aviso”, disse.

Nas residências em que há casos suspeitos ou confirmados de coronavírus, é preciso usar sacos duplos e as embalagens não devem ser encaminhadas para coleta seletiva. Segundo Arlindo Francisco dos Santos, os itens que forem misturados terão que ser descartados manualmente pelos catadores, podendo contaminar os trabalhadores.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado