Plantio e venda de gladíolos fomentam o turismo rural em Venâncio

O cultivo de gladíolos, também conhecidos como palmas de Santa Rita, fomenta o turismo rural em Venâncio Aires. O plantio faz parte do projeto Flores para Todos, desenvolvido por meio de uma parceria entre equipe PhenoGlad da Universidade Federal de Santa Maria e a Emater. O objetivo é incentivar o cultivo do gladíolo como alternativa de renda nas pequenas propriedades rurais.

Cada produtor recebeu gratuitamente 200 bulbos de quatro variedades da flor, cujo plantio teve acompanhamento de técnicos da Emater/RS-Ascar, da coordenadora de Turismo do Município, Angélica Diefenthäler, alinhando ações conjuntas para o desenvolvimento do turismo rural em Venâncio, e da equipe da UFSM. Todas as fases também são acompanhadas por um aplicativo desenvolvido pela universidade e permitem a floração fora da época tradicional.

“Desde o mês de fevereiro esse tipo de flor esta sendo cultivada no interior e além de um atrativo, tem sido também uma fonte de renda alternativa para os produtores”, destaca a coordenadora do Centro de Atendimento ao Turista (CAT), Angelica Diefenthäler.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

De forma remodelada, ‘Natal Cor e Magia’ será aberto dia 11 de dezembro

A programação em Venâncio Aires será quase toda virtual e a tradicional Casa do Papai Noel também será readaptada

Airton Artus anuncia que coloca nome à disposição para concorrer a deputado estadual em 2022

Falando à Rádio Venâncio Aires AM 910, o ex-prefeito disse que reforça atenções para o cargo que ocupa na Assembleia Legislativa, como coordenador de bancada do PDT, e anunciou que já começa a se preparar politicamente para disputar mais uma vez o cargo de deputado

Morre Diego Maradona

Aos 60 anos, o ex-jogador sofreu um ataque cardiorrespiratório em casa, na cidade de Tigre, zona norte da região metropolitana da capital Buenos Aires

Pellets transformam a qualidade de vida do produtor de tabaco

Fonte de energia renovável pertencente à classe das Biomassas, os denominados pellets, são um combustível sólido (lenha), produzido a partir de resíduos da indústria de transformação de madeira. A utilização deles na secagem do tabaco é uma novidade que já proporciona qualidade de vida e segurança aos produtores de tabaco