RGE investe R$ 2,6 milhões na construção de Estação Avançada em Venâncio Aires

Uma nova estrutura para concentrar as atividades operacionais da RGE está em construção no município de Venâncio Aires. A nova EA – Estação Avançada – abrigará a frota, equipamentos, materiais e equipes de manutenção e obras para atendimento a Venâncio Aires e outros municípios.

Trata-se de um projeto moderno, que possibilita maior agilidade, concentrando todas as etapas de operação em um único local. Mas um dos aspectos mais relevantes nesta obra são os diversos itens que vão ao encontro da sustentabilidade. Está sendo utilizado o sistema construtivo Lean do tipo Concreto-PVC. “Esse sistema é constituído de formas de PVC que após a concretagem se incorpora à construção e se torna o acabamento. Traz benefícios como menor geração de resíduos durante a execução, não necessita pintura, possui ótimo conforto térmico e acústico, baixa e fácil manutenção, alta resistência a fogo com material autoextinguível e reduz o tempo de obra em até 3 vezes se comparado aos sistemas convencionais”, explica o engenheiro da RGE, Lucas Dornelles, responsável pela obra.

A unidade também terá cisterna para reuso da água da chuva, bacia de amortecimento para reduzir o impacto do volume de água das chuvas na rede pluvial, placas fotovoltaicas para microgeração de energia elétrica e instalação de dois eletropostos, além da preservação de árvores nativas dentro da unidade.

Dornelles acrescenta que esta é a primeira Estação Avançada a ser construída com o sistema Concreto-PVC e a primeira a ter dois eletropostos dentro das unidades da RGE. “Estamos atendendo ao Plano de Sustentabilidade do Grupo CPFL, com inovação e melhoria da qualidade operacional, o que se traduz em benefícios também ao nosso cliente e à toda a sociedade.” A obra está na fase inicial e a previsão é que seja concluída até dezembro próximo, com investimento de R$ 2,6 milhões.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado