Volta do feriadão de Páscoa é marcada por longas filas e mortes na região

A volta do feriadão, no período entre o final da tarde desse domingo, 17, e a manhã desta segunda-feira, 18, foi marcada por longas filas e mortes na região. Os motoristas que retornavam para casa precisaram ter paciência já que o trânsito ficou lento e parou em diversos momentos.

A RSC-287 foi uma das afetadas. Mesmo sem acidentes mais graves, o congestionamento na rodovia que liga Venâncio Aires a Santa Cruz do Sul se estendeu da praça de Vila Arlindo até o posto da Polícia Rodoviária Estadual.

As colisões mais graves foram registradas em Rio Pardo, Santa Cruz do Sul e Marques de Souza. No município vizinho, o acidente foi dentro da cidade. Rodrigo Bartz, de 39 anos, conduzia uma motocicleta e, no início a madrugada, colidiu contra uma árvore. O Corpo de Bombeiros foi acionado e constatou o óbito.

Em Rio Pardo, na BR-471, na noite desse domingo, um motociclista de 52 anos ficou gravemente ferido. Por volta das 23 horas, ele teria colidido em um dos canteiros que ficam em frente ao Parque da Expoagro, no quilômetro 162 da rodovia. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou ele para o Hospital Regional de Rio Pardo.

O caso mais recente foi um atropelamento. Às 5h30 desta segunda-feira, no quilômetro 325 da BR-386, em Marques de Souza, um homem foi atingido por dois veículos, uma van e um automóvel. Ele morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Departamento Médico Legal (DML) de Lajeado e passará por necropsia.

- Advertisement -
 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

error: Recurso desabilitado